Meus livros

BannerFans.com

domingo, 21 de julho de 2019

Fingidor

Nosso amor, tão breve como um arco-íris, passou… Passou?
Passou o tempo, o amor ficou.
Não faria nenhum sentido a luz acesa quando o sol fez deste templo seu infinito: nascente e poente e brilho oculto.
Aqui, não existe mais escuridão.

Muito tenho fingido, sempre.
Vivo fingindo.
Finjo alegria, porque muitos são que não suportam tristeza
_ Angústia e tristeza são para os fortes.

Finjo tristeza também, porque muitos se alegram ao me ver triste.
Vivo para agradar aos semelhantes.
Não mais escondo minhas dores e aflições. Porém, isso não finjo.

Vivo para agradar aos semelhantes…
E meus semelhantes vivem me cobrando o que lhes falta.
Eles são muitos e, aliás, tem gosto muito peculiar.

Quanto a mim, alcancei o estado maior: o da indiferença.
Estou sempre bem, como um arbusto entregue às estacões.
Faça sol ou chuva, nevoeiro ou tempestade, calor ou frio, eu vivo e respiro o ar que das naturezas provém. E este me é aprazível, sempre.
Mas, para agradar ao homem, eu finjo.
O homem precisa da ilusão de felicidade, pois, somente a sensação de prazer alivia as angustias do caos.


Demoliram o templo
Demoliram a arte
Demoliram o homem
Sufocaram criatura
Apagaram o infinito.
Sem o juízo, à luz do conhecimento, quem poderá reconstruir o mundo?
Somente a chama da vida é capaz de resgatar o espírito.
Viver, pois, é mais importante do que a vida.
Levante a tua cabeça. Erga-te e siga.
De pé nossos olhos enxergam mais longe, amplia-se o horizonte, abre-se o infinito; Assim, portanto, estamos mais próximo Deus.

Eu sou intimo de Deus.
Eu sou obra da consciência Divina.
Eu sou espírito. Eu sou vida.
Eu sou luz Eu sou eterno.

Assim, pois, para eu sou não existe idade, porque não existe tempo.
Eu existo no amor. Se este migra, para aonde vai lá estou Eu sou.
Este corpo, com aparência de velho, sendo já, de muitas maneiras, abandonado, nada tem de mim, exceto um pouco de apego _ fraqueza humana.
Eu existo conforme a vontade de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário