Meus livros

BannerFans.com

domingo, 29 de maio de 2016

Quando chegar ao fim do caminho





Quando chegar ao fim do caminho
Quero não ter nenhuma bagagem, pesos nem medidas;
Terei flores, as quais semeei e colhi ao longo do caminho.
Certamente terei vencido o medo
E certamente o medo terá me ensinado a ser livre.

Hoje, entanto, ainda trago as mãos cheias
A mente aflita
Os pés no chão
Por isso pesa-me a gravidade atrair-me qual pena,
E fere-me separar pétalas de espinhos.

Quando chegar ao fim do caminho
Espero ter vencido o desafio das dificuldades;
E quando, convicto do que sou e porque, vir a estrela atrair-me, partirei.
Partirei sabendo que o mundo não me pertence
E eu, onde quer que esteja serei simplesmente o que sou,
Exclusivo de Deus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário