Meus livros

BannerFans.com

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Eu vi amor nos olhos da minha amada



Eu vi amor nos olhos da minha amada.
Seus olhos brilhavam como brilharam somente por mim um dia,
Mas dessa vez eles brilhavam por outra pessoa.

Enquanto ela falava sobre ele uma chama ardente envolvia sua face,
Os olhos brilhavam intensamente
E revelaram uma imagem que ainda está presa na sombra.
Ela finge que não quer libertá-la, e isso a está corroendo por dentro.
Ela se preocupa muito com ela, quer ajudá-lo e não sabe como.
Ela está muito apaixonada



Eu fiquei triste, muito triste.
Estou arrasado.
Ela está sofrendo de uma ansiedade terrível.
Essa aflição de estar dividida entre dois amores ou ter de escolher apenas um é muito difícil.

Como desfazer de um amor para dar lugar a um novo amor se ambos mexem com a alma?
Eu pude ver através dos seus olhos que a aflição estava lhe revirando o estômago.
Ela deve estar sofrendo muito.
  
Eu fiquei triste, muito triste.
Estou realmente arrasado.
Mas reconheço minha culpa, pois confiei demais no meu amor e fiquei cego de felicidade.
Mas algo dentro de mim me alertava, me incomodava o espírito.

Ela deve estar sofrendo muito.
É uma agonia terrível saber que vai magoar alguém em nome da própria alegria. Parece egoísmo.
Mas as leis dos homens não toleram amor divido.
É imoral amar duas pessoas ao mesmo tempo.

Ela deve escolher; ela terá que escolher.
Porque senão estará se entregando a um pensando no outro.
Essa aflição de estar dividida entre dois amores ou ter de escolher apenas um é muito difícil.
Ela sempre estará pensando no outro.
Por isso eu estou triste, muito triste.
Estou arrasado.

Eu vi amor nos olhos da minha amada
E seus olhos brilhavam por outra pessoa.
Ela já fez a sua escolha, só que não tem coragem de dizer.
E isso me deixou em pedaços.

P.S. Fique em paz, meu amor.






Nenhum comentário:

Postar um comentário