Meus livros

BannerFans.com

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

A Despedida

Perdi-me entre as flores.
_ Todas as flores são lindas
Quando destinadas com amor.

Só não queria calêndulas
Não por lhes faltar beleza
Mas por conta de uma lembrança triste.

Por fim, um arranjo de rosas.
_ As rosas são insuperáveis:
É caminho para a conquista
Seduzem às núpcias
Celebram o casamento
Ornam e perfumam partos e nascimentos.
E acompanha vida afora
Os tropeços da velhice
Florescem ainda sobre o último repouso
Embalando ao sono a velha meninice.

Teu corpo era um jardim
_ verde, vermelho e rosa... _
E teu sorriso...!
Ai de mim!

Ele veio buscá-la numa carruagem verde:
Cavalos possantes e a guarda real
Duas damas de companhia
Dois símbolos de fertilidade.

Dois servos ficaram olhando...
_ Dois corações abraçando uma saudade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário